KÉVIN BRAY



Após três anos de estudos em belas artes, dois em design gráfico em Lille, França e um mestrado também de design gráfico em Nevers, França, Kévin Bray procede com os seus estudos no departamento gráfico do Sandberg Instituut, o mesmo responsável pela Rietveld Academy em Amsterdão. Kévin Bray começou a sua abordagem pessoal trabalhando essencialmente no cruzamento entre o design gráfico e a música. Interessado em descobrir métodos de interpretar estratégias musicais da Club Culture, Kévin tem uma habilidade estrondosa de os aliar a médiuns interativos com recurso a ferramentas gráficas. A tradução destes elementos é o centro da sua prática conceptual tornando-se em formas de re-descobrir novos campos de expressão gráfica, como podemos comprova-lo em projetos como ” Interpretation of Color Frequencies”, “Samples et Interprétations” e a instalação “Water & Music”. Kévin demonstra um gosto particular na reflexão sobre as fronteiras entre a arte popular e a arte elitista, entre o design e a arte, sobre o significado artístico e como o público o interpreta. Kévin afirma que vê o seu desenvolvimento estilístico transformado numa pesquisa permanente de modo a promover o melhoramento da sua linguagem e/ ou abordagem.

KÉVIN BRAY.