PINAR & VIOLA

Psicadélico, modernismo, ou maximalismo poderiam funcionar como palavras de ordem para a estética de trabalho deste duo de designers de Amesterdão, tendo ele ideais diferentes sobre o que é realmente o design gráfico e como este intercepta com a realidade. A partir de uma postura profissional satírica, questionam a apreciação humana e razões pelas quais o maximalismo teve tanta popularidade na década de 90. Aproveitando o trabalho como veiculo de manifesto pessoal e de diversão, Pinar & Viola criam superfícies hiper detalhadas por aglomerados de cultura visual contemporânea, transportando a ornamentação critica para uma prática funcional e autónoma.

Pinar & Viola.