SEBASTIEN VERDON

O jovem artista Sebastien Verdon explora as actuais expectativas do receptor. A sua criatividade manifesta-se em peças de carácter minimalista que são resultado de um grande instinto para transformar o humor contemporâneo em melancolia singular sem ser cínica ou simplesmente absurda. É um tipo de obra que tende em capturar fisicamente o indeterminado, apresentando uma estética que procura ambiguidade em jogos de tensão entre o mental e o físico, realidade e legibilidade hermética, lucidez e inocência. Para além destas obras ainda demonstra uma certa afinidade coerente em fotografia que se tornou numa mais valia para a sua investigação em torno dos conceitos de objectividade, em especial nas sua fotografias de carisma celeste e estelares. Em suma a obra de Verdon consegue manter um diálogo sincero entre si e por vezes, perceptivo para o intangível.

 

Sebastien Vardon