STYRON LUNDBERG





Embora pudesse ser, a sequência de lápides aqui presentes na nossa página principal não significam q’O Fluxo se está a tornar em algum género de necrópole cibernética, não! Apenas vem a constatar que é cada vez mais hábito comum os artistas manifestarem assuntos relacionados com a internet através de toda uma ideologia nostálgica, como é o caso de Styron Lundberg. Este jovem designer gráfico de 25 anos, nascido em Paris, de alguns anos para cá que se encontra a viver entre a sua cidade natal e Tóquio. O movimento net-art foi-lhe introduzido pela sua namorada, e enquanto estava a ajuda-la a conceber o seu website admite ter-se sentido um pouco confuso. Decide então passar horas a fio na internet tentando compreender melhor essa estética, acabando por se render a ela completamente. Brad Troemel uma vez disse-lhe: “No momento atual, o maior espaço em expansão encontra-se no campo da arte digital, que devido à sua dependência de atualização, rapidamente consegue acelerar a tecnologia. Por sua vez, a arte digital expande-se com cada avanço tecnológico realizado, permitindo acompanhar um fluxo indeterminável de novos potenciais em prol da produção, organizações sociais e conteúdo, isto enquanto as mentes de Silicon Valley continuarem a pensar e as linhas de montagem na China a funcionar.” Esta citação gerou em Styron uma espécie de desafio e uma vontade súbita de mudança radical na sua linha criativa e que da qual podemos comprovar nas suas criações atuais. Para além disso, visa mencionar que a sua namorada Dora foi sempre uma das suas grandes inspirações e possivelmente o motivo pelo qual Styron nos puder proporcionar com uma boa mão cheia de excelentes trabalhos. Não deixem de ficar a conhecer também o seu projeto 542!

STYRON LUNDBERG.