VER PARA LER #5


Já por algum tempo que não divulgávamos uma escolha editorial e é pela segunda vez que nesta rubrica apresentamos um catálogo em vez de uma publicação sobre um variado tema ou sobre a obra de um variado artista. E porquê? Sinceramente não sabemos, mas o que temos a certeza é que o universo editorial nas áreas criativas tem-nos despertado muito pouco interesse ultimamente, julgando sempre de insuficiente quase todo o número de publicações que aparecem no mercado. Isto leva-nos a refletir sobre uma série de questões como: Estará este tipo de formato editorial bastante banalizado? Será que já não existe nenhum tema suficientemente interessante para ser abordado e editado? Ou será que este mercado está a ser absolvido por outro género de publicações? Provavelmente, a resposta encontra-se nesta última questão. De à sensivelmente dois anos para os dias de hoje, a publicação independente tem ganho cada vez mais terreno no mercado, onde são abordados temas nunca antes abordados, despertando mais procura pela parte de um público diretamente relacionado ou não com design. Para além disso, os catálogos também são um formato que se tem destacado ultimamente, funcionando como se fosse um pretexto para colocar a edição editorial em prática e circulação, originado, em alguns dos casos, obras verdadeiramente valiosas e de coleção. Este é o caso deste catálogo que apresentamos na 5ª edição do Ver Para Ler.

“The Graphic Design: Now in Production” vem registar a exposição coletiva do Walker Art Center  que explora como o design gráfico tem ampliado drasticamente o seu alcance na última década. Neste catálogo constam mais de 250 artistas e cerca de 1.400 imagens resultando num editorial-paisagem de obras de variados designers gráficos que têm conquistado novos meios de produção ou comunicação e que estão rescrevendo a natureza prática do design contemporâneo. “The Graphic Design: Now in Production” traça o movimento pós-milenista, a utilização de farramentas que todos têm acesso para a produção de design e até de conteúdos, narrando o que é um designer atual que simplesmente, se encontra cada vez mais diversificado e sem estar preso apenas à sua área principal, apresentando uma natureza open-source de maior produção criativa e o espírito empreendedor de um género de designer que com o tempo se tornou ele próprio no produtor. Este catálogo também apresenta incluído o nº21 da “parasite publication”, I am Still Alive de Åbäke e termina com um excelente ensaio de Rob Giampietro intitulado de “School Days” que aborda a influência dos programas atuais de ensino em relação ao campo profissional. “The Graphic Design: Now in Production” encontra-se à venda através da amazon.



The Graphic Design: Now in Production Catalogue
.